Veja como a logística reversa pode ajudar o seu negócio

Artigos

logística reversa

Escrito por wpengine

Data: 12/04/2017

Na atualidade, o conceito de logística reversa é muito difundido e recomendado. É um tema ambientalmente correto, que pode e deve ser aplicado por empresas cujos gestores pretendam desenvolver uma economia sustentável.

Muitas empresas são realmente obrigadas a adotar a logística reversa em função das atividades que desenvolvem e dos produtos com os quais trabalham.

Ela pode, inclusive, contribuir para o desenvolvimento da empresa em níveis competitivos e econômicos. Veja mais sobre o assunto, lendo o post!

O que é a logística reversa

A logística reversa também é chamada de logística inversa ou logística reversível e sua função é lidar com o fluxo físico dos produtos que a empresa produz/comercializa em um percurso contrário ao que ele tomou inicialmente, ou seja, do ponto de consumo ao ponto de origem.

As primeiras definições sobre o assunto apareceram na década de 70. Contudo, seu desenvolvimento é algo relativamente recente, sendo que ela é muito utilizada na maioria das empresas, especialmente no setor de serviços.

A logística reversa atua de maneiras diferentes. Pode recolher certas mercadorias devido a problemas como defeitos, erros no envio ou desistência da compra e também pode direcionar um produto inutilizado para a destinação mais apropriada, como a reciclagem.

A logística reversa como parte integrante da empresa

Considerando a hierarquia dos processos desenvolvidos no âmbito da corporação, a logística reversa pode ser considerada como parte integrante do fluxo logístico de um negócio, que envolve o gerenciamento dos recursos materiais, humanos e financeiros da empresa.

Para controlar o fluxo de retorno do produto, as empresas devem definir uma política de troca e devolução apropriada, respeitando o perfil do negócio e as necessidades do consumidor. O cliente deve ficar satisfeito com a política instituída pela empresa, convencido de que realmente não foi prejudicado e que sua compra, ainda que tenha sido necessária a troca ou devolução do produto, valeu a pena.

Para compreender melhor a política de troca e devolução, consideremos o exemplo da Walmart, a maior empresa de varejo do mundo. Essa organização dispõe sobre dois casos para que a logística reversa seja aplicada:

  • troca de produtos com defeito;
  • arrependimento da compra (devolução).

No primeiro caso, a troca é efetuada conforme o que está previsto no Código de Defesa do Consumidor. Mas o produto será trocado somente se o vício ou defeito for efetivamente constatado. Além da troca propriamente dita, a empresa pode oferecer o vale-troca para ser usado em compras posteriores ou a devolução do dinheiro.

No segundo caso, o produto pode ser devolvido se não for constatado o uso ou a destruição parcial ou integral dele.

Em ambos os casos, o prazo para manifestação do cliente é de até 7 dias a contar da data do recebimento.

Como implantar a logística reversa em sua empresa

Para implantar a logística reversa é preciso efetuar um planejamento com bases bem definidas e operar com infraestrutura de boa qualidade.

A empresa vai necessitar de uma estrutura complexa, capaz de recolher, guardar e tratar os materiais. É preciso desenvolver uma rede de distribuição de logística reversa integrada com as demais operações logísticas desenvolvidas na organização.

Outros aspectos a serem considerados em um sistema eficiente de logística reversa são a necessidade de rastreamento e inventário de todos os materiais bem como um sistema de armazenagem e de distribuição especiais — aquelas empresas que trabalham com embalagens retornáveis devem dispor de um sistema de armazenagem apropriado, por exemplo.

Os custos com transporte são um aspecto essencial no processo de devolução. Produtos menores podem ser devolvidos pelos Correios. Para produtos maiores é necessário a utilização de veículos próprios ou dos serviços de transportadoras. No caso de devolução por arrependimento da compra, o próprio cliente pode se responsabilizar pelos custos de reenvio.

Mas é possível implementar pontos estratégicos de coleta, facilitando a devolução para o cliente e o recebimento pela empresa. Algumas empresas permitem que a devolução seja realizada em qualquer ponto de venda da empresa ou em pontos de venda de empresas parceiras, otimizando os processos logísticos.

O investimento inicial é relativamente elevado, o que pode gerar certas suspeitas da parte dos gestores, que considerarão que a logística reversa consiste em mais custos para o negócio, onerando o caixa e desequilibrando as finanças.

Mas não é bem assim. Veja a seguir como a logística reversa pode ajudar a reduzir custos na empresa.

A logística reversa pode reduzir os custos e otimizar os ganhos

Um sistema bem organizado de logística reversa, com pontos estratégicos para devolução e troca, ajuda a empresa a reduzir custos com transportes, armazenagem e outras coisas.

Além da redução de custos com transporte e armazenagem, a logística reversa pode ajudar a economizar dinheiro e até melhorar os lucros, de outras formas:

  • a substituição, a reutilização ou mesmo a reciclagem dos produtos gera economia dos recursos financeiros e também dos recursos ambientais;
  • a reparação e refabricação de produtos ajuda a reduzir custos com compras e outras coisas e possibilita uma maior margem de lucro.

Além disso, a redução de custos é observada também na diminuição das queixas e processos dos clientes. Quando a empresa oferece um sistema de logística reversa eficiente, os clientes certamente se sentem beneficiados e mais confiantes em adquirir seus produtos/serviços.

O que hoje é tratado como caro, poderá ser lucrativo a médio, longo ou mesmo curto prazo. Empresas que praticam a logística reversa podem aumentar as vendas devido à melhoria no nível de atendimento (troca e devolução praticadas em tempo hábil e a custos menores para o cliente).

[rock-convert-cta id=”7058″]

A vantagem ambiental é outro benefício

A empresa que aplica a logística reversa em seu ciclo operacional também é uma grande beneficiária do meio ambiente. E, ao mesmo tempo que a empresa beneficia o meio ambiente, também beneficia a si mesma.

Ela consegue solucionar problemas de descarte de materiais, diminuindo a poluição e os desperdícios (reciclagem, reutilização de materiais, recuperação de produtos, produção de embalagens retornáveis).

A empresa melhora sua imagem corporativa

A demanda pela aplicação de processos de logística reversa representa um grande diferencial competitivo, fazendo com que seu negócio se destaque entre os concorrentes.

O desenvolvimento de um sistema de logística reversa e de uma política de troca e devolução apropriadas contribui para o marketing da empresa. Ninguém quer perder dinheiro e todos desejam receber produtos de boa qualidade e a possibilidade de desistir da compra.

As embalagens retornáveis, por exemplo, permitem que a empresa se posicione de forma ambientalmente correta diante da sociedade e, com isso, ela acaba agregando valor à sua imagem e crescendo em conceito diante dos consumidores.

Muitos clientes procuram somente os serviços e produtos das empresas sustentáveis. Mais que comprar nessas organizações, eles as divulgam, realçando suas qualidades de empresa ecologicamente correta.

Compreende agora a importância da logística reversa para sua empresa e os benefícios que ela pode gerar? Aproveite para seguir a CargoX nas redes sociais: Facebook e Youtube!

FAÇA UMA COTAÇÃO COM A CARGOX

Compartilhe: