Saiba como demonstrar resultados sobre a movimentação de cargas e os custos logísticos da empresa

Artigos

Saiba-como-demonstrar-resultados-sobre-a-movimentação-de-cargas-e-os-custos-logísticos-da-empresa

Escrito por Ana Beatriz

Data: 27/09/2017

Como gerente de logística, você tem uma série de responsabilidades e precisa resolver diversos problemas no dia a dia. No entanto, duas missões comuns dessa profissão são reduzir os custos logísticos e demonstrar resultados para a empresa a respeito da movimentação de cargas.

Essas duas situações estão interligadas, uma vez que o transporte de cargas implica riscos que podem aumentar ainda mais os custos da empresa e prejudicar a sua apresentação de resultados. Além disso, é necessário ter um comportamento adequado para coletar os dados de maneira precisa e segura.

Neste artigo vamos dar dicas práticas sobre como obter informações e demonstrar resultados claros. Confira!

Organize os dados sobre os custos logísticos antecipadamente

A melhor forma de demonstrar resultados é organizar constantemente os dados. Para isso, registre-os e controle-os. Assim, sempre que precisa apresentar as informações você pode recuperá-las rapidamente e colocá-las em um gráfico, por exemplo, que torna a visualização mais clara.

É importante lembrar que os custos com a logística chegam a consumir 12,7% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, segundo a Confederação Nacional do Transporte (CNT). Do total desembolsado, a maior parte é voltada para o transporte (6,8% do PIB), estoque (4,5% do PIB), armazenagem (0,9% do PIB) e administrativo (0,5% do PIB).

Ter esses dados catalogados é uma boa forma de entender os elementos que podem ser melhor aproveitados e indicar para a diretoria da empresa que é necessário, por exemplo, investir em tecnologia para diminuir os custos com o transporte — ou que se deve usar outra metodologia de estoque para reduzir os níveis e, consequentemente, os gastos.

Reduza os riscos da movimentação de cargas

O transporte de produtos envolve diferentes desafios e é necessário tomar precauções para evitá-los. Entre os riscos estão:

  • imprevistos nas estradas, como mau tempo, motoristas imprudentes e rodovias em condições ruins. Para cuidar disso é necessário planejar as rotas e informar-se sobre os caminhos em melhores condições. Também é preciso recomendar que o motorista aguarde em caso de neblina ou chuva torrencial e comunique essas situações para que a empresa possa recalcular o prazo de entrega;
  • sobrecarga devido à má acomodação ou excesso de produtos para o veículo. O planejamento ajuda nesse caso e, por isso, é importante avaliar o destino, as dimensões, o peso, a gravidade e as condições da embalagem;
  • falta de capacitação dos profissionais, que devem passar por constantes reciclagens para evitar imprevistos;
  • descuidos e comportamentos inadequados, como as situações de negligência e cansaço. Por isso, a empresa deve implantar políticas de segurança e monitorar as ações com a ajuda da tecnologia;
  • veículos sem manutenção, situação que pode ser evitada pelos softwares de gestão de frotas — estes controlam os reparos, o agendamento de manutenções, a trocas de pneus e outros detalhes;
  • assaltos e roubos de carga, que podem ser evitados por meio de atenção redobrada e cuidado.

Ao identificar esses riscos você pode coletar os dados mais facilmente. Por exemplo: registre os dados de manutenção da frota e dos imprevistos ocasionados por problemas com o veículo. Você vai perceber que o segundo percentual deve diminuir conforme a empresa investir na primeira parte.

Assim, é possível mostrar para a diretoria que é melhor apostar na prevenção e que o trabalho vem sendo realizado adequadamente — o que otimiza os resultados e evita atrasos nas entregas.

Invista em apresentações visuais

Os números e as palavras nem sempre chamam a atenção e podem até dificultar a visualização dos resultados. Assim, é recomendado trabalhar com elementos visuais, como infográficos, gráficos ou tabelas.

O vídeo também é um recurso válido. Compartilhe o material com a equipe e deixe os resultados criativos e transparentes, com uma boa locução. Lembre-se também do layout, fator fundamental para atrair a atenção e deixar o conteúdo adequado para atingir o seu objetivo.

Analise os dados sobre a movimentação de cargas

Essa atividade vem crescendo no Brasil. O primeiro trimestre de 2017 registrou aumento nos setores ferroviário e portuário, de acordo com o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, em dados divulgados pelo jornal A Tribuna.

O crescimento na movimentação em portos foi de 4%, se comparado ao mesmo período de 2016. O resultado atingiu 242,5 milhões de toneladas. Nas ferrovias, a alta foi de 5,9%, o que representou 123,5 milhões de toneladas.

Considerando esse contexto, você pode verificar qual é o modal mais utilizado pela sua empresa e identificar qual foi o peso absoluto transportado. Você também pode fazer comparações com anos anteriores e mostrar para a diretoria porque as decisões foram tomadas.

Ao mesmo tempo, é possível complementar essa informação com outros dados. O aumento dos combustíveis pode tornar mais barato o transporte ferroviário, por exemplo. Esse dado pode indicar a economia realizada pela empresa e verificar se houve impacto nas entregas, como atrasos.

Renove seu capital de inovação

A busca por soluções diferentes e criativas é necessária para melhorar a performance logística, tanto na questão de redução de custos, quanto para um eficiente transporte de cargas. O resultado é o crescimento da produtividade, resultados mais elevados, entre outros fatores.

Avalie os dados coletados e questione-se sobre o desempenho da frota para identificar a possibilidade de melhorias. Pense sempre à frente e embase a sua tomada de decisão nos dados coletados. Desse modo é mais fácil justificar as necessidades e estar à frente dos demais.

Esteja preparado

A apresentação de resultados exige que você esteja pronto. Isso significa que você deve conhecer os dados, fazer uma boa interpretação das informações e estar seguro para a reunião. Enfatize os principais pontos e ensaie anteriormente para identificar a possibilidade de melhorar algumas partes.

Aja de forma natural, movimente-se enquanto mostra os resultados e sempre faça ligação com as situações que realmente ocorrem na rotina diária. Além disso, indique de que forma os resultados obtidos e as decisões tomadas ajudaram a empresa.

Se a sua empresa trabalha com importações e exportações, por exemplo, mostre os resultados dessas operações, como a organização atingiu seus objetivos e qual foi a economia realizada no período.

Agindo conforme essas dicas você apresentará os resultados sobre movimentação de cargas de modo mais claro e evidente. Agora, se você quer saber como reduzir custos logísticos, aproveite e baixe o nosso infográfico sobre o assunto — ele mostra o panorama do transporte de cargas, o desembolso com ociosidade e vários outros aspectos. Não perca!

FAÇA UMA COTAÇÃO COM A CARGOX

Compartilhe: