Imagem relacionada ao texto
Gestão

Quais as vantagens do Business Intelligence na gestão de supply chain?

A aplicação do Business Intelligence na gestão de supply chain é uma das tendências que mais vêm trazendo resultados satisfatórios para gestores da área. Essa ferramenta permite o trabalho com um volume grande de dados que fazem toda diferença na atuação estratégica do setor logístico.

Diante de tantas informações relevantes, torna-se possível visualizar melhorias e otimizações, além dos insights que podem ser obtidos a partir de dados esclarecedores. Este post vai mostrar melhor como o BI pode ser uma importante ferramenta quando utilizada no setor de logística. Confira!

Saiba o que é Business Intelligence (BI)

A gestão estratégica de empresas é uma necessidade que cresce a cada dia. Metas e objetivos são sempre planejados em torno da proposta de desenvolvimento do negócio, obtendo resultados satisfatórios a curto, médio e longo prazo. Entretanto, para conseguir isso é importante valer-se de alguns mecanismos que contribuam para essa proposta.

O Business Intelligence (BI) é um processo que trabalha com dados em grandes volumes, sempre trazendo informações precisas sobre a atividade da empresa. O que torna o BI relevante é que esses dados colhidos são estratégicos, passando por estudos que ajudaram a entender melhor o que eles significam, sendo assim transmitidos a todos os setores da empresa.

As informações que o departamento de BI colhe e analisa são de todos os tipos, avaliando questões como a atuação da empresa no mercado, os hábitos de consumo dos clientes e o desempenho de todos os setores.

Diante dessas informações precisas, a equipe de BI consegue fazer uma leitura mais detalhada, indicando o que aqueles dados podem representar. Com esse conteúdo em mãos, os diversos segmentos do negócio podem trabalhar em melhorias e otimizações das práticas de trabalho.

Entenda melhor a relação de supply chain e logística

Fundamental, a logística é o processo mais amplo e responsável por todas as etapas de trabalho com produtos e suprimentos, desde a compra, passando pelo armazenamento, até a distribuição dos mesmos. Todos esses processos fazem parte do planejamento logístico e estão sob responsabilidade dos gestores e de suas equipes.

É possível dizer que o supply chain, apesar de ser um conceito mais específico, está compreendido dentro da logística. Ele nada mais é, na tradução literal do inglês, a cadeia de suprimentos, ou seja, todo o caminho percorrido por esses produtos.

Essa cadeia só funciona adequadamente se cada um dos membros envolvidos, ou seja, as empresas, atuarem com organização, buscando otimizar as etapas e gerir de forma adequada as suas respectivas obrigações, sempre guiados pelo gestor. Assim, essa logística em que cada um depende do outro para um negócio funcionar acontece de forma adequada

Conheça as vantagens do Business Intelligence na gestão de supply chain

Para que o supply chain funcione adequadamente é necessário que haja recursos modernos e técnicas de trabalho que busquem a otimização de cada uma das etapas do processo.

O uso do Business Intelligence na gestão de supply chain é uma forma de conseguir isso, trabalhando para que a cadeia consiga ter um desempenho ainda melhor, dinamizando e melhorando essa comunicação entre seus membros, reforçando métodos interessantes e obtendo boas ideias sobre novas práticas que venham a agregar nesse trabalho.

A seguir, entenda melhor como o Business Intelligence na gestão de supply chain pode ser vantajoso e trazer melhoria em todas as etapas de atuação.

Facilita a tomada de decisões

Dentro da gestão estratégica é importante dar cada passo com muita responsabilidade e segurança, o que pode ser realizado com dados e informações que reforcem ideias e esclareçam pontos importantes. A atuação de BI é de grande importância nesse sentido, oferecendo informações analisadas a partir de um grande volume de dados.

Com uma leitura detalhada e feita por meio de processos modernos, os gestores obtêm uma base muito segura e relevante para implementar novas práticas, realizar investimentos e dar qualquer passo que exija certeza.

O BI é fundamental para que membros de altos cargos dentro da empresa tomem decisões respaldadas por dados confiáveis e que passaram por estudos sérios.

Oferece relatórios detalhados

Por mais que muitas vezes sejam trabalhosos e complexos, os relatórios são parte fundamental do trabalho de todos os departamentos da empresa, e tratando-se de tomada de decisões eles são ainda mais importantes. Logo, dá para entender como os relatórios são ferramentas imprescindíveis ao BI.

O trabalho de supply chain depende da análise dos dados colhidos. Otimizar as atividades só será possível diante de informações precisas sobre como as demandas estão sendo realizadas, a agilidade aplicada nessas demandas, os investimentos e todos os fatores que são importantes dentro do processo.

Com relatórios detalhados e personalizados, é possível identificar todo o esforço feito, por meio de números e informações precisas sobre o sucesso das estratégias aplicadas na gestão de supply chain.

Esses documentos serão sempre uma importante fonte de informação para otimização e identificação de processos que precisam de melhorias para desempenharem bem.

Permite insights

Melhorar é sempre uma necessidade dentro da logística. Otimização de processos, redução de custos, agilizar tarefas e tornar tudo melhor depende de analisar o que está sendo feito atualmente.

Os dados colhidos e estudados podem ajudar a descobrir gaps e necessidades específicas, estimulando o trabalho dos gestores para tomarem decisões mais arrojadas e inovadoras.

A aplicação de Business Intelligence na gestão de supply chain permite sair na frente, com novos métodos de trabalho que vão virar tendência no futuro. Pode ser muito interessante estar na vanguarda de processos que vão agregar ao mercado, não é mesmo?

Colabora para o controle financeiro

Quando a gestão de supply chain faz uso de BI também é possível ter acesso a dados amplos e vastos em relação às finanças da empresa, entendendo melhor as despesas e os custos do processo de cadeia de suprimentos.

Naturalmente, diante dessas informações será sempre possível identificar oportunidades de reduzir custos, sem que isso signifique uma perda da eficiência dos processos. Direcionar melhor investimentos em prol de resultados, e até mesmo maiores margens de lucros, são outras possibilidades que o BI oferece aos gestores logísticos.

Definitivamente, trabalhar com Business Intelligence na gestão de supply chain é uma maneira eficiente de tornar as etapas da cadeia mais eficientes, otimizando a atuação e trazendo resultados mais satisfatórios a longo prazo.

Foi importante saber mais sobre esse tema, não é mesmo? Você pode receber outros conteúdos como este diretamente no seu e-mail. Assine a nossa newsletter!

FAÇA UMA COTAÇÃO COM A CARGOX

Artigos relacionados

Mais

Aprenda como medir indicadores de desempenho em logística

Acompanhar as atividades do negócio é essencial para saber se os resultados estão sendo atingidos. Esse monitoramento é feito por […]

Categoria: Gestão
Mais
profissionais de logística

Os impactos da crise econômica para os profissionais de logística e como eles podem se precaver

A situação econômica vivenciada pelo Brasil ao longo dos últimos anos tem causas múltiplas e determinou mudanças consideráveis em todos […]

Categoria: Gestão
Mais

Gestão de frete: 6 razões para terceirizar e automatizar os processos

A gestão de frete é essencial para garantir a eficiência da logística e, claro, ajudar a empresa a obter melhores […]

Categoria: Gestão
Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também

Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também