O que fazer para ter mais eficiência nos processos de transporte e logística?

Artigos

logística

Escrito por wpengine

Data: 28/03/2017

O gestor deve se empenhar no controle de todos os processos de sua empresa. Sem manter o devido monitoramento sobre o desenvolvimento e o alcance das operações, pode-se não obter resultados positivos e, eventualmente, perder lucros e gastar mais.

Em relação a certos setores, como o das operações logísticas, a ineficiência pode gerar custos muito altos e comprometer a qualidade dos resultados. Por essa razão, vale a pena aplicar boas estratégias para otimizar os processos de transporte e logística.

Leia o post e confira as dicas!

O ponto de partida é planejar os procedimentos

O planejamento é, sem dúvida, o ponto de partida para gerenciar transporte e logística. Ele envolve todos os procedimentos relacionados aos processos visando aperfeiçoá-los, torná-los mais eficientes e ágeis e, inclusive, mais econômicos.

É importante manter o equilíbrio entre os recursos e as demandas da empresa, pois só assim o empreendimento poderá se desenvolver solidamente, com boas perspectivas de crescimento. As estratégias devem estar alinhadas aos objetivos e ao perfil do negócio, com metas bem definidas e realistas.

No que se refere ao transporte em especial, o gestor precisa planejar seu sistema de fretes, definindo suas entregas para evitar custos a mais e perdas de tempo e de materiais. O sistema de fretes deve ser determinado a partir de considerações sobre o modo de distribuição, locais onde serão realizadas as entregas, os modais mais viáveis conforme a região e assim por diante.

O mapeamento dos processos internos de transporte e logística também faz parte do planejamento, reunindo informações sobre todas as operações necessárias desde o início da cadeia de suprimentos até a entrega do material ao destinatário final.

O planejamento permite que o gestor seja proativo e antecipe-se aos problemas, evitando-os ou agilizando sua resolução no tempo mais curto possível.

Acompanhe a dinâmica de seu negócio

É necessário conhecer quais os produtos que vendem mais e diferenciá-los daqueles que têm baixa demanda. O controle sobre o que entra e o que sai do estoque é fundamental para garantir a eficiência dos processos de transporte e logística.

Nesse sentido, é preciso recorrer ao inventário periódico ou diário (escolhendo um produto específico para cada dia), considerar o nível de demanda e a sazonalidade.

Analisando esses aspectos, o gestor terá condições de aplicar os recursos da empresa com segurança, planejando-se para os investimentos e, acima de tudo, conseguindo satisfazer o cliente no atendimento dos pedidos (demanda e entrega).

Automatize seus processos

Quando a empresa não dispõe de recursos tecnológicos suficientes, a tendência é que os processos de transporte e logística não sejam executados com a eficiência esperada, ficando aquém das expectativas.

A utilidade da tecnologia é perceptível em diversas operações. Por exemplo, o controle de estoque deve ser realizado por um software de gestão. Assim, o gestor poderá contabilizar os itens com mais precisão, fato que vai repercutir positivamente na produtividade.

O sistema automatizado permite a integração entre todos os setores da organização, possibilitando que se façam consultas ao estoque por meio de alguns cliques. Além disso, é possível gerenciar o fluxo de caixa, otimizando a gestão financeira e emitir notas fiscais e notas de serviço.

Em relação ao controle de transporte, um sistema automatizado de roteirização, rastreamento e monitoramento permite fazer o acompanhamento da entrega dos pedidos e manter o cliente bem informado. Permite ainda a comunicação em tempo real com o motorista, facilitando a resolução de problemas e a fiscalização de seu trabalho.

O monitoramento das rotas assegura o cumprimento dos prazos e também permite a proatividade do gestor, uma qualidade que está sendo muito requerida dos empreendedores no mercado moderno.

Faça um bom trabalho de integração envolvendo fornecedores e colaboradores

Uma boa parceria com fornecedores permite ao gestor um controle otimizado de estoque, evitando que ele fique com poucos produtos ou com itens em excesso. Os fornecedores podem ajudar bastante sua empresa, contribuindo para aprimorar os fluxos logísticos.

Uma estratégia usada por alguns gestores é entregar o gerenciamento do armazém e dos estoques aos fornecedores de modo que seja mantido o equilíbrio dos itens estocados, sem prejuízos para o empreendimento.

Uma das atitudes que um fornecedor pode ter em relação à empresa-cliente é realizar pedidos automáticos todas as vezes que a quantidade de itens no estoque chegar ao ponto de pedido. Poderá também sugerir opções mais apropriadas de deslocamento das mercadorias.

É importante também integrar sua equipe de forma efetiva aos processos de transporte e logística. Assim, os colaboradores acessarão todos os dados necessários e participarão de todas as etapas da cadeia de suprimentos.

O gestor deve integrar as projeções de vendas a etapas como planejamento das operações, custos orçamentários, fluxo de caixa, investimentos. O plano de ações será, dessa forma, unificado e completo.

A integração do marketing também é importante, já que é possível avaliar as melhores campanhas de marketing levando em conta aspectos como o período em que a campanha foi veiculada, as condições do mercado, a produção e a distribuição de mercadorias e assim por diante.

É importante alinhar o planejamento de todos os processos de transporte e logística às vendas para obter o melhor equilíbrio entre demanda dos consumidores e potencial produtivo da organização.

Terceirize os processos de transporte e logística

Outra estratégia que vem sendo usada com êxito por diferentes empresas é a terceirização de determinadas operações logísticas, como armazenagem e transporte.

Quando a empresa terceiriza os serviços de entrega, tende a reduzir custos a médio e longo prazo e a aumentar a eficiência. Reduzem-se riscos na acomodação da carga no veículo e nas rotas. O mais importante é que os prazos acabam sendo cumpridos com pontualidade e agradando o cliente.

O gestor pode, inclusive, recorrer ao serviço moderno e inovador de transportadora sem frota própria com tecnologia avançada. Por meio da tecnologia oferecida pela transportadora sem frota própria, é possível localizar os profissionais mais indicados para o transporte de sua carga, considerando critérios como proximidade entre o motorista e sua empresa, rota mais adequada, mais experiência profissional, prazo de entrega, melhores preços e assim por diante.

Trata-se de um sistema vantajoso em que ganha a empresa que contrata os serviços e ganha o motorista que os realiza — a empresa ganha tendo suas necessidades atendidas e conseguindo até preços melhores devido à variedade de opções e o motorista também ganha, encontrando sempre novos clientes e evitando retornar de uma viagem com o caminhão vazio.

O que você tem feito para tornar os processos de transporte e logística mais eficientes? Se desejar ter acesso a mais informações sobre processos de transporte e logística, siga a CargoX nas redes sociais — estamos no Facebook e Twitter.

FAÇA UMA COTAÇÃO COM A CARGOX

Compartilhe: