Metodologia-5S-veja-como-ela-é-aplicada-nas-operações-de-logística
Logística

Metodologia 5S: veja como ela é aplicada nas operações de logística

Muitas empresas têm reconhecido o valor da metodologia 5S e buscado aplicá-la em suas operações. Em grande parte, isso se dá pela facilidade de compreensão do conceito e da implementação, que não requer grandes investimentos, e dos benefícios que ela proporciona.

A seguir, explicaremos melhor o conceito, como a logística pode adotar o método e quais benefícios podem ser obtidos por meio dele. Continue acompanhando a leitura para saber mais sobre o assunto!

Afinal, do que se trata a metodologia 5S?

O conceito do 5S foi criado no Japão e está relacionado à qualidade total e à cultura lean e tem como objetivo orientar as empresas para a disciplina e a criação de oportunidades de melhorias nos processos — reduzindo os desperdícios e aumentando a eficiência operacional.

O nome se refere a 5 conceitos e a inicial das palavras, que são: Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke. No português, chamamos de 5 Sensos, para não fugir da nomenclatura da metodologia. Saiba mais sobre eles nos tópicos a seguir.

Seiri — Senso de Utilização

Trata-se da utilização inteligente dos recursos empresariais — ferramentas, equipamentos, máquinas, materiais, informações, entre outros —, sempre considerando o bom senso. Aqui, realiza-se a realocação ou descarte de itens que não são indispensáveis para a execução das tarefas.

A ideia é deixar por perto e mais acessível tudo o que é primordial, e guardar os materiais que são usados esporadicamente. Assim, cria-se um ambiente mais limpo e funcional.

Seiton — Senso de Organização

A ideia aqui é organizar o ambiente de trabalho com mais eficiência. O conceito é “um lugar para cada coisa e cada coisa em seu lugar” e ele está diretamente ligado ao senso de utilização, visto que o objetivo é garantir que os itens possam ser acessados com agilidade para serem usados imediatamente.

Para isso, vale a pena criar placas e etiquetas de identificação, indicando os locais onde cada material deve ser guardado e onde eles estarão caso alguém os procure — evitando a perda de tempo.

Seiso — Senso de Limpeza

O objetivo é melhorar o nível de limpeza, cuidando dos ambientes e eliminando sujeiras, objetos estranhos ou desnecessários e resíduos. Dessa forma, cria-se um ambiente mais agradável e seguro para os colaboradores e todos devem cuidar para que a limpeza seja mantida.

Esse senso também se refere ao cuidado com a imagem pessoal, despertando a atenção para se manter uma boa aparência.

Seiketsu — Senso de Padronização e Saúde

O senso de padronização está diretamente ligado aos anteriores e visa a mantê-los, por meio da utilização de placas, iluminação, padrão de cores, formas e outros recursos que ajudem a padronizar processos e os ambientes de trabalho — de forma que os colaboradores reconheçam determinado símbolo, mesmo que esteja fora de sua área, por exemplo.

Já sob o aspecto da saúde, deve-se cuidar das salas de trabalho, banheiros, refeitórios e outros ambientes onde podem ser identificadas situações em que a saúde e a qualidade dos colaboradores seja prejudicada. Aqui, estamos falando de ventilação e iluminação adequadas e ergonomia, entre outros pontos.

Shitsuke — Senso de Disciplina

Por fim, o senso de disciplina está relacionado ao comprometimento de todos os colaboradores em manter todos os outros sensos. Ele está ligado à ética e moral, além do empenho dos indivíduos, mesmo quando não haja vigilância sobre o trabalho (autogestão).

Para isso, é necessário treinar os novos colaboradores e reciclar os mais antigos, de forma que todos estejam engajados na aplicação e manutenção da metodologia no ambiente de trabalho.

Como ela pode ser aplicada às operações logísticas?

A metodologia 5S pode ser aplicada em qualquer negócio, independentemente do segmento ou do porte. Neste tópico, falaremos sobre como ela pode ser adotada, especificamente, no setor de logística. Saiba mais!

Seiri

O senso de utilização é válido para identificar os melhores lugares para alocar os estoques e outros materiais (como embalagens) e para o descarte de lixo e rejeitos. Ele ajuda a aprimorar a movimentação, manutenção e limpeza dos ambientes e o aproveitamento do espaço disponível.

Seiton

O senso de organização ajuda a eliminar o excesso de itens em estoque, tarefas desnecessárias no processo produtivo (que não agregam valor ao resultado final) e todas ferramentas, equipamentos e máquinas que não funcionam.

Vale lembrar que o senso também ajuda na gestão, permitindo identificar os indicadores de desempenho mais relevantes e descartar os que não contribuem para a tomada de decisão e elaboração de estratégias.

Seiso

O senso de limpeza tem como objetivo manter a limpeza das ferramentas, máquinas, equipamentos e dos ambientes. O objetivo é deixar o ambiente mais seguro e agradável, e a rotina de trabalho mais eficiente, evitando situações como acidentes e erros (e retrabalhos). Ele também envolve o cuidado com os caminhões e o acondicionamento e segurança das cargas.

Seiketsu

A padronização ajuda a garantir o planejamento e a execução das tarefas com eficiência e eficácia. Ajuda a organizar rotina de manutenções, inventários, melhoria na definição das rotas e criação de outros padrões que ajudam a otimizar as operações logísticas, de maneira geral.

Shitsuke

Por fim, o senso de disciplina tem como objetivo ajudar a garantir que todos os colaboradores executarão suas tarefas com responsabilidade e seguindo os outros sensos listados. Vale também para os motoristas, que devem dirigir com responsabilidade e entregar a carga em segurança e sem danos.

Quando a metodologia 5S é colocada em prática, já é possível perceber as melhorias no curto prazo, principalmente quando falamos de organização e limpeza. Para que isso funcione no longo prazo — e não seja apenas algo efêmero —, o senso de disciplina (e autodisciplina) deve ser constantemente desenvolvido.

Porém, a equipe interdisciplinar — com os chamados multiplicadores do conhecimento — deve agir de forma a dar suporte aos outros colaboradores e ser um facilitador do processo e não apenas atuar como fiscal, trazendo rigidez ao processo.

Quais benefícios ela proporciona?

Existe uma infinidade de benefícios que podem ser aproveitados com a adoção da metodologia 5S na logística. Entre os principais deles, vale a pena destacar:

  • melhor aproveitamento do espaço;
  • ambiente de trabalho mais limpo, organizado e agradável;
  • maior controle sobre os estoques e rotinas de transporte;
  • melhorias nos métodos de gestão;
  • melhor aproveitamento dos recursos empresariais;
  • redução de custos;
  • aumento da qualidade de vida e melhora na ergonomia dos colaboradores;
  • funcionários mais motivados e engajados;
  • redução de riscos e pontos inseguros;
  • aumento da qualidade dos processos;
  • aumento da qualidade no atendimento aos clientes.

A metodologia 5S é um sistema bem simples e de fácil implementação e alcança desde os níveis mais operacionais até os mais estratégicos dentro da organização. Considerando os custos para adotá-la no negócio, podemos dizer que a relação custo-benefício é altamente compensatória.

Gostou do post de hoje e quer ficar por dentro de outras publicações relacionadas à logística? Então siga nossos perfis nas redes sociais e acompanhe as novidades! Estamos no FacebookLinkedIn e YouTube.

Artigos relacionados

Mais
capacidade logística

O que fazer para aumentar a capacidade logística do seu negócio?

A capacidade logística de uma empresa determina a forma como ela consegue atender às suas demandas. Sendo assim, se a […]

Categoria: Logística
Mais
Compreenda-o-que-é-a-logística-colaborativa-e-como-ela-é-aplicada

Compreenda o que é a logística colaborativa e como ela é aplicada

A logística colaborativa não é um conceito novo, mas vem ganhando maior destaque nos últimos anos, e empresas do mundo […]

Categoria: Logística
Mais
relacionamento com clientes

Entenda a importância do relacionamento com clientes para a sua empresa

Relacionar-se bem com o cliente é fundamental para qualquer empresa. Sem o público, afinal, não há negócio. É o bom […]

Categoria: Gestão
Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também

Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também