Imagem relacionada ao texto

CEO da CargoX participa de encontro do G20

Escrito por Ana Beatriz

Data: 05/12/2018

Fundador da startup brasileira foi um dos painelistas sobre inovação em debate mediado pela imprensa chinesa.

Federico Vega, fundador e CEO da CargoX, startup que está revolucionando o transporte de cargas no Brasil, participou de debates no encontro do G20, o grupo que reúne as 19 maiores economias do mundo e mais a União Europeia. O encontro anual da entidade foi sediado em Buenos Aires nos primeiros dias de dezembro e reuniu chefes de Estado dos países-membros.

Paralelamente às atividades dos líderes dos países, aconteceram outros eventos, como uma série de debates promovidos pelo Caixin, o mais importante veículo de comunicação sobre negócios da China. Um dos convidados pelo Caixin para discutir inovação foi o CEO da CargoX, que participou de um painel com líderes de empresas e entidades da China e América Latina. “É sempre uma grande oportunidade participar de eventos como o encontro do G20 e o Fórum Econômico Mundial”, ressalta o empreendedor. Também participaram do evento nomes como Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda do Brasil, Jorge Faurie, ministro das Relações Exteriores da Argentina e Hu Shuli, fundador e publisher do Caixin.

No evento, ele pode falar sobre o case da CargoX e o cenário econômico da região. “A América Latina representa uma grande oportunidade dado o seu grande território e os baixos investimentos em infra-estrutura”, explica Vega. “Na CargoX, estamos criando novos modelos de negócios para trazer mais eficiência para a indústria de transportes, ajudando a trazer mais crescimento e eficiência para o Brasil e melhorando a vida dos caminhoneiros”, finaliza.

Sobre a CargoX

A CargoX está trazendo eficiência para transformar o transporte de cargas no Brasil. Sua tecnologia coloca uma rede com mais de 350 mil motoristas a serviço de uma carteira de clientes que vai de grandes corporações a pequenas empresas em todas as regiões do país. Os clientes ganham maior controle e segurança no transporte de carga lotação, enquanto os caminhoneiros aumentam sua lucratividade. Em 2018, a CargoX foi eleita uma das 30 startups mais disruptivas do mundo pela empresa de inteligência de dados CB Insights e uma das 10 empresas mais inovadoras da América Latina pela Revista Fast Company.