CargoX investe em canais para compartilhar conteúdo

Escrito por Ana Beatriz

Data: 03/02/2017

Iniciativa busca apresentar conteúdos relevantes para todo modal rodoviário através de vídeos e textos

São Paulo, janeiro de 2017 – Um mercado mais forte e com conhecimento para ser ainda melhor, esse é um dos pilares da CargoX primeira e única companhia do mercado de transportes no Brasil baseada integralmente em tecnologia – que investe cada vez mais na produção de conteúdo sobre transporte e logística.

Atualmente a empresa já possui um trabalho intenso ligado a conteúdo, pois além das redes sociais oficiais, mantém um canal no Youtube e seu blog. Eles são alimentados regularmente com diversos temas com o objetivo de instruir o mercado por meio de informações e análises relevantes. Para Bruno Moreira, diretor de Marketing da CargoX, esse tipo de abordagem é importante e segue a cultura da empresa de contribuir para o setor de transporte de cargas. “Estamos gerando conteúdo para o mercado através de nosso conhecimento acumulado no setor. Nossos colaboradores, que são especialista na área, são nossa maior fonte de informação.” detalha.

A empresa revela que o projeto, inicialmente, visa o compartilhamento de informações com o mercado, mas tem planos de ser transformado em cursos gratuitos com certificação inclusa. “Acreditamos que esta iniciativa contribua na formação e aprimoramento de profissionais do mercado e que no futuro eles podem estar ao nosso lado, já que temos projeções altas de crescimento no número de funcionários” conclui o diretor.

Para dar suporte à atuação da empresa, a CargoX fechou recentemente com a Rock Content, plataforma líder em marketing de conteúdo no Brasil. Ela foi criada em 2013 e já atende mais de mil clientes de variados portes e segmentos.

Sobre a CargoX

CargoX, (http://www.cargox.com.br), é a primeira transportadora do Brasil sem frota própria, baseada em tecnologia e inovação, operando conectada em tempo real, por meio de um aplicativo próprio, a uma rede de mais de 100 mil motoristas autônomos. Lançada oficialmente em março deste ano e considerada como a “Uber do transporte de cargas”  a empresa é pautada pelas diretrizes  agilidade, flexibilidade e qualidade na experiência do contratante do serviço,  além de responsabilidade pelas cargas transportadas.  Atualmente, atende todas as regiões do país e com crescimento médio de 57% ao mês espera faturar no primeiro ano de atuação cerca de R$ 48 milhões.