Você já parou para pensar como a gamificação em logística pode contribuir para melhores resultados no setor? Gestores mais atentos às tendências já estão aplicando esse recurso de maneira estratégica, alcançando uma excelente produtividade de seus colaboradores e você não pode ficar em desvantagem!

Quando um negócio objetiva inovar e alcançar o sucesso, é necessário que essa ideia faça parte de todo o seu cotidiano e, para atingir essa meta, a gamificação tem se mostrado essencial.

No post de hoje falaremos sobre esse método, com foco nos diversos benefícios que ele traz ao setor de logística e, é claro, vamos mostrar como colocá-lo em prática em sua empresa. Quer aprender? Prossiga com a leitura!

Gamificação na logística: conheça o conceito

Para que esse material fique mais didático, vamos iniciá-lo apresentando o conceito de gamificação em logística. Isso porque, muitos gerentes e empreendedores ainda se sentem confusos quanto a isso.

Em resumo, o termo gamificação vem do inglês gamification e refere-se ao uso de técnicas, conceitos e estratégias do mundo dos games em um ambiente corporativo, com o objetivo de envolver e incentivar as pessoas a solucionarem seus problemas no mundo real.

Em um primeiro momento isso até pode parecer estranho, mas é uma forte tendência fora do país e as empresas que adotam esse método desfrutam de uma grande vantagem competitiva, principalmente porque a implementação de sistemas de conquistas e recompensas geram engajamento e contribuem para o aumento da motivação de funcionários.

A ideia é colocar seus colaboradores em um jogo, em que seus esforços são recompensados. Em logística, isso tem sido fundamental, já que falamos de um setor no qual a motivação e a produtividade são algumas de suas maiores premissas para o sucesso.

Portanto, o objetivo da gamificação na logística seria engajar todos os funcionários para que alcancem suas metas e, dessa maneira, consigam contribuir para o crescimento do negócio.

Aprenda a aplicar essa ideia em sua empresa

Agora que você já sabe do que estamos falando e entendeu como isso pode favorecer a motivação de sua equipe de trabalho, vamos ensiná-lo a colocar essa ideia em prática em sua empresa.

Por isso, continue atento aos tópicos a seguir:

Defina o seu objetivo

O primeiro passo para aplicar a gamificação no setor de logística é definir o seu objetivo com esse tipo de estratégia.

Para isso, analise a rotina de trabalho no setor e observe em quais pontos algo precisa ser melhorado. Essas informações são essenciais para definir as metas a serem alcançadas no jogo e permite que você inove em áreas que ainda deixam a desejar.

Defina o comportamento desejado

No caso da logística, se você percebe que suas entregas estão sofrendo um atraso constante e, portanto, há uma insatisfação por parte da clientela, pode-se definir um comportamento no jogo que leve à superação dessa falha.

Assim, por exemplo, para que o motorista ganhe pontos no jogo, ele deve conferir a rota de entregas antes de sair do Centro de Distribuição e avaliar se o veículo está em condições de prosseguir viagem.

Descreva seus jogadores e clientes

O próximo passo é criar um perfil para seus funcionários e clientes. Isso ajuda a todos do jogo a trabalharem melhor com foco em satisfazer o consumidor final.

Assim, imagine que o perfil de seu cliente seja de pessoas exigentes, que gostam de produtos de qualidade e de uma entrega rápida e segura. Com esses dados em mãos, seus colaboradores já sabem o que precisam fazer para agradarem ao cliente e, com isso, alcançar as metas do jogo.

Crie ciclos para o jogo

Todo jogo precisa ter fases, certo? Então, é preciso estabelecer ciclos para que o jogador passe para a próxima fase.

Isso ajudará para que o jogo se torne desafiador e estimulante e seus funcionários prossigam realizando as missões até alcançar o objetivo final com uma boa pontuação e receber a recompensa.

Utilize a ferramenta adequada

Depois de tudo isso, é hora de escolher a ferramenta. Nesse ponto, preste muita atenção, pois é preciso assegurar que a ferramenta escolhida seja de fácil acesso e simples de manusear.

Se você escolher um meio difícil de ser acessado, o jogo terá um efeito inverso, já que tomará muito tempo de sua equipe. Assim sendo, uma ideia interessante é utilizar aplicativos para smartphones, já que é um recurso acessível e presente no cotidiano de quase todos.

Premie os bons resultados

Como o objetivo dessa estratégia é trabalhar a motivação de sua equipe, é preciso pensar em bonificações e recompensas que sejam, de fato, estimulantes.

A medida em que os desafios forem se ampliando, trabalhe para que os bons resultados sejam premiados de maneira adequada. A boa notícia é que não é preciso gastar muito, já que pequenos brindes como camisetas, bonés e canecas podem surtir efeito.

Mas, que tal pensar em prêmios especiais para os funcionários que atingirem a maior pontuação ao final de certo período? Seria possível, por exemplo, uma bonificação no salário, uma promoção, um smartphone novo ou até uma viagem de férias. Pense nisso!

Saiba porque a gamificação é uma boa estratégia

A gamificação, conforme demonstrado, é uma estratégia fácil de ser aplicada. Apesar disso, ainda há um certo receio em volta dela e poucas empresas brasileiras são adeptas ao modelo.

No entanto, é preciso frisar que trata-se de uma excelente oportunidade para sua empresa. Além de inovar e aplicar essa tendência de maneira pioneira, a gamificação é, de fato, uma estratégia que se encaixa perfeitamente ao universo empresarial.

Em resumo, nosso cérebro adora uma competição. Somos movidos por competições, sejam elas com outras pessoas ou com nós mesmos, já que são os desafios diários que nos impulsionam a querer crescer e alcançar nossos próprios objetivos.

Dessa maneira, trazer o universo dos jogos para dentro do setor de logística e transformar o cotidiano dos colaboradores em um grande desafio é uma maneira eficiente de minimizar a pressão que esses funcionários recebem e estimulá-los a serem cada dia melhores.

Ressalta-se que esse dado não é mera suposição. Existe uma explicação científica para esse estímulo proporcionado pelos jogos e é justamente a liberação de dopamina, um hormônio que produz a sensação de satisfação todas as vezes que concluímos um objetivo.

Como você viu no post de hoje, a gamificação na logística pode se tornar um dos grandes diferenciais de sua empresa e fazer com que seus colaboradores trabalhem sempre em alto nível. Em um mundo tão competitivo, aumentar a produtividade de uma equipe é um dos grandes desafios de um gerente de logística e isso pode ser alcançado por meio dessa metodologia. Então, não perca tempo e comece a estudar formas de colocá-la em prática na sua empresa.

Gostou deste material e quer ficar por dentro das novidades e tendências em logística? Então, siga a nossa página no Facebook, no Twitter e no YouTube!