sistema logístico
Gestão

Como lidar com o fator humano em um sistema logístico?

Automação de tarefas, sistemas de gestão, máquinas mais inteligentes e tecnologia de ponta. Esses são apenas alguns exemplos dos incríveis avanços tecnológicos pelos quais o sistema logístico vem passando nos últimos anos.

Tudo isso ocorre em busca de menos custos, mais produtividade e maior satisfação por parte do cliente final. Mas não se pode desconsiderar que o fator humano desempenha um papel importante ainda, sendo bastante necessário na construção dos resultados e a fim de alcançar o melhor posicionamento do negócio em diversos sentidos.

Pensando nisso, este post esclarece qual é a influência desse fator e como lidar com ele dentro de um sistema logístico. Confira!

O que é o fator humano no sistema logístico?

Embora a tecnologia esteja cada vez mais presente na logística, os recursos humanos têm diversas tarefas sob sua responsabilidade dentro de um ambiente logístico.

É imperativo, por exemplo, ter pessoas que saibam lidar com imprevistos. Da mesma forma, é necessário contar com quem faz tarefas que não podem ser automatizadas ou que não geram ganhos que justifiquem soluções automatizadas. O motorista, por exemplo, não pode ser substituído, ao menos por enquanto, dentro da etapa de logística de transporte.

Toda essa atuação tem a ver com o fator humano no sistema logístico. Ele precisa ser considerado de maneira tão relevante quanto os demais elementos, de modo que seja possível para o negócio obter os efeitos de eficiência, redução de custos e qualidade que deseja.

Qual é o papel desse fator na logística?

Por mais relevante que seja a estrutura da tecnologia no sistema logístico de um negócio, a substituição das pessoas nem sempre é possível. Apesar das oportunidades oferecidas por soluções de automação e com mecanização, o trabalho humano, as operações manuais e o apoio estratégico com base em modelos arquitetados por recursos humanos de excelência toma à frente em vários setores.

Trata-se de um elemento indispensável para o sucesso em vários segmentos, e contar com as pessoas certas cria um suporte altamente relevante para a humanização e o maior nível de engajamento da equipe.

Conquista da excelência operacional

Ainda que alguns gestores pensem que a ampliação do aproveitamento das máquinas, com a posterior redução participativa dos recursos humanos otimize os processos e reduza custos, o panorama analítico, dessa forma, se mostra simplório e incompleto.

As pessoas são altamente importantes para alcançar a excelência operacional. As decisões e o comportamento dos líderes influenciam as condutas dos funcionários, que são fundamentais na obtenção de alto desempenho na organização. O know-how adequado de um time muito bem treinado e competente acelera — e assegura — a melhor tomada de decisões, observações e táticas de mercado.

Aumento do grau de confiança

No cenário atual, em que boa parte dos consumidores se demonstra menos fiel às marcas e mais propensa a conhecer e experimentar novos relacionamentos no mercado, é necessário que o gestor ou operador logístico foque seus esforços no grau de confiança que passa para as empresas.

Além da agilidade e dos custos mais competitivos, tanto quanto a segurança e a tecnologia empregada nas operações, a confiança na prestação dos serviços logísticos se indica como um critério altamente relevante na hora de fazer negócio com um operador de logística. E o fator humano ganha enorme proporção também nessa área.

O bom atendimento e relacionamento

As pessoas também afetam o sucesso da empresa que opera a logística em outro nível: no atendimento e ao estabelecer laços mais fortes de relacionamento com a contratante.

A qualidade do serviço logístico propriamente dito depende da boa fusão entre a tecnologia empregada e a capacidade técnico-operacional dos recursos humanos. Mas quando o time trabalha com paixão e integridade, o padrão colaborativo será resguardado em sequência. E a abordagem ao cliente será de alto nível desde o primeiro contato.

Isso diminuirá (ou repelirá) as ocasiões de mau atendimento, a demora nas resoluções de casos complexos, os erros ou refações. Embora a tecnologia esteja avançando em uma taxa cada vez mais rápida, o fator humano continua a ser a cola que mantém a organização coesa e bem integrada.

Como lidar com esse elemento dentro do negócio?

Ao mesmo tempo, a gestão incorreta dos recursos humanos pode levar à perda de produtividade ou capacidade do sistema logístico. Mais atuação humana pode significar o aumento dos erros e dos retrabalhos, diminuindo, assim, a produtividade e tornando os processos mais difíceis do que deveria.

Nesse sentido, é fundamental saber como lidar e como administrar esses elementos, permitindo o máximo aproveitamento. Algumas dicas que podem ser aplicadas incluem:

Aposte em uma liderança engajadora

Para fazer uma gestão mais completa e positiva dos recursos humanos na cadeia logística, é especialmente importante possuir uma liderança engajadora. É por meio do líder que inspira e envolve que cada um é capaz de oferecer o melhor de si para melhorar todos os resultados obtidos.

Um profissional que atua na gestão de estoque, por exemplo, oferecerá efeitos mais positivos se puder compreender a importância da sua função para a boa realização de outras. É papel da liderança unir esses elos e garantir que todos ajam de maneira alinhada.

Estimule a motivação

Já que a produtividade é uma das grandes justificativas para a adoção da tecnologia, a motivação não deve ficar de fora de toda essa administração. Isso porque os funcionários que estão motivados e satisfeitos, normalmente, possuem um rendimento mais destacável.

Sendo assim, é altamente recomendado que as ações busquem desafiar os colaboradores e que sejam voltadas, também, para oferecer qualidade de vida e satisfação na execução de tarefas.

Ofereça treinamento e capacitação

A oferta de mais conhecimento técnico e preparação é crucial, tanto para o desempenho quanto para a motivação das pessoas. Ao oferecer treinamento e capacitação, é possível conquistar colaboradores mais bem preparados para executar diferentes tarefas logísticas necessárias para o sucesso do negócio.

Isso acaba trazendo benefícios para todos os envolvidos, de modo a maximizar o potencial e garantir uma atuação muito mais vantajosa para todas as partes envolvidas. E conserva todas as pessoas atualizadas, de modo a garantir que sua atuação seja sempre eficiente e compatível com as novas configurações e condições do mercado.

Para ter mais novidades e informações sobre o sistema logístico, assine a nossa newsletter e receba nossos posts em primeira mão!

FAÇA UMA COTAÇÃO COM A CARGOX

Gestão de contratos e orçamentos o guia para organizar as operações logísticasPowered by Rock Convert

Artigos relacionados

Mais
governança criativa

Governança criativa e transporte: entenda essa ligação

A sociedade moderna conta não apenas com tecnologia avançada, mas também com novas estratégias, resultantes das recentes pesquisas e estudos nas […]

Categoria: Gestão
Mais
Conheça-os-diferenciais-competitivos-de-operações-em-logística

Conheça os diferenciais competitivos de operações em logística

Para uma empresa se tornar bem-sucedida muitas vezes é preciso mais do que uma boa infraestrutura e estratégia de marketing. […]

Categoria: Gestão
Mais
custos variáveis

Entenda os custos variáveis do processo terceirizado de logística

A terceirização é uma das estratégias utilizadas frequentemente por algumas empresas com o intuito de diminuir gastos e otimizar o […]

Categoria: Gestão
Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também

Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também