Como fazer o transporte de produtos de higiene e limpeza? Confira!

Artigos

Escrito por

Data: 13/12/2019

O transporte da carga é uma etapa logística fundamental para as empresas que dependem da entrega de mercadorias. É altamente estratégica e, se for bem desenvolvida, oferece o melhor retorno, facilitando a fidelização dos clientes e aumentando os lucros.

A forma de transporte varia de acordo com o tipo de carga. Por exemplo, produtos químicos exigem cuidados especiais, pois envolvem riscos não só à saúde humana, mas também a todo o meio ambiente. A carga viva é uma das que precisam de maior atenção, como acontece no transporte de animais.

Outros produtos têm data de vencimento ou são mais vulneráveis às mudanças de temperatura, o que requer também certos cuidados. Neste post, falaremos sobre como fazer o transporte de produtos de higiene e limpeza!

O transporte de produtos de higiene e limpeza

Os produtos de limpeza e higiene integram uma categoria especial de produtos. Eles são, em geral, muito sensíveis ao calor e/ou ao frio, o que exige controle de temperatura na hora de transportar. Também apresentam prazo de validade que, habitualmente, é longo — ao contrário dos alimentos, que apresentam prazo mais curto em sua maioria.

O transporte de produtos de higiene e limpeza deve levar em conta essas características para ser bem-sucedido, principalmente se as viagens forem muito longas. O modal mais usado é o rodoviário, mas esse transporte pode ser feito por meio da água (modal aquaviário) ou do ar (modal aéreo).

Entre os produtos de limpeza, podemos citar: detergente, álcool, sabão de coco/sabão em barra, sabão em pó, desengordurante, amaciante, água sanitária, desinfetante, produtos multiuso, sapólio, limpa-vidros, esponja de aço e assim por diante.

Entre os produtos de higiene, estão: sabonete, shampoo, dentifrício, antiperspirante, enxaguatório bucal, desodorante, produtos para barbear e para o pós-barba, estípticos ou adstringentes (como os esfoliantes de pele), papel higiênico, fralda e outros.

Os perfumes e os cosméticos (como talco, creme facial, batom, ruge, bronzeador, óleo cosmético, máscara facial) são outras categorias de produtos conforme a Lei nº 6360/1976, mas trazem algumas características similares aos produtos de limpeza e higiene e podem ser transportados seguindo regras parecidas, principalmente os cosméticos.

Os cuidados essenciais com esse tipo de transporte

Um dos cuidados mais importantes que devemos ter com os produtos de higiene é que o baú, ou sider, não pode ter nenhum furo, pois, se estiver chovendo, a água pode penetrar e comprometer a integridade do produto, principalmente se possuir embalagem de papel ou se o produto reagir ou dissolver em contato com a água, como sabonete.

Por mais volumosa que seja a carga, os riscos de tombamento são mínimos porque não se trata de carga pesada. O cuidado maior deve ser o de vedar completamente as embalagens para evitar avarias. Mesmo em produtos como shampoos, o contato direto com a água pode comprometer a eficácia e a durabilidade do produto.

O transporte de produtos de higiene não pode ser feito em caminhão aberto por causa dos riscos de molhar. Então, o caminhão deve ser baú ou sider. Já os produtos de limpeza podem ou não ser empilhados. Se puderem, o cavalo trucado é mais vantajoso. Se não puderem ser empilhados, será usada uma carreta simples ou trucada, o que encarece o transporte.

Há uma altura máxima de empilhamento para os produtos de limpeza, quando falamos de detergentes, aerossóis ou outras mercadorias que podem estourar. Se o produto não está sujeito a esse risco, então não há um limite preciso para o empilhamento.

As melhores práticas para transportar produtos de higiene e limpeza

Antes de tudo, é preciso fazer o checklist do veículo, assegurando-se de que ele está realmente em condições de fazer o transporte da carga. Um dos testes efetuados no carregamento do baú é o teste de luz. Esse teste consiste no seguinte: um funcionário entra no baú e fica trancado nele, sendo que o baú deve estar hermeticamente fechado. A ausência completa de luz indica que não existe nenhum furo. Trata-se de um teste simples, mas eficaz.

Outro ponto a considerar é que a carga (produtos de higiene) não é pesada, mas volumosa. Isso implica na necessidade de um baú grande o suficiente ou de algum implemento. É importante considerar a maior área possível. Assim, quanto maior for o comprimento do vão da porta, melhor. Será mais fácil para transportar mais carga e oferecer custos mais interessantes para os clientes.

Isso acontece porque, apesar de pagar o mesmo valor pelo transporte, eles estarão enviando mais mercadorias. Ou seja, o custo-benefício compensa, fazendo com que a opção seja ótima. É interessante encontrar um transportador que conte com implemento, ou seja, uma carreta, um sider mais longo, com metragem cúbica maior. Isso é bom para o cliente e a empresa/transportador.

Já os produtos de limpeza são carga pesada, exigindo cuidados de acordo com a distância entre a origem e o destino. Viagens mais longas requerem cuidados maiores. Talvez seja necessário usar um cavalo trucado. Ainda que a carreta tenha o mesmo comprimento, o cavalo permite o carregamento de uma carga maior, de mais toneladas de material. Assim, a viagem fica mais otimizada com o cavalo que com a carreta.

Outro cuidado diz respeito à operação de amarrar e acondicionar corretamente a carga, evitando que ela fique balançando durante o transporte de produtos de higiene e limpeza. Nessa situação, o motorista tem autorização para acompanhar o carregamento e certificar-se de que a carga está devidamente amarrada.

O papel da tecnologia para garantir segurança em todas as etapas

A tecnologia, como sempre, pode ser uma aliada muito importante no transporte de produtos de higiene e limpeza. O mapa de calor, por exemplo, é um grande diferencial. Também é conhecido como mapa de liquidez ou pelo seu nome em inglês: heat map. Também existem ferramentas de monitoramento que permitem ao gestor acompanhar todos os motoristas cadastrados no banco de dados, em quais regiões eles estão habituados a realizar viagens, o valor cobrado por carregamento.

Desse modo, é possível manter uma margem de negociação melhor com os motoristas, facilitando também conseguir fechar negócio com profissionais que apresentem o perfil mais compatível com o tipo de carga que será transportada.

Mostramos os principais cuidados ao efetivar o transporte de produtos de higiene e limpeza e como ferramentas desenvolvidas contribuem para otimizar a gestão de transporte, garantindo segurança e entrega dentro do prazo combinado.

Se deseja trabalhar com bons profissionais e encontrar transportadores confiáveis, entre em contato com a nossa empresa e veja como ela pode ajudar você utilizando tecnologia sofisticada!

Compartilhe: