Artigos

Como a Cargo X pode auxiliar no transporte de agronegócio?

Um dos maiores desafios para os produtores no Brasil é como dar vazão para seus produtos, para os caminhoneiros, por sua vez, é como não viajar vazio. Por isso, é importante ter um bom sistema de transporte de agronegócio, principalmente quando falamos de alimentos que, na maioria dos casos, precisam ser transportados com uma certa agilidade e um cuidado maior.

Pensando no melhor trabalho de logística, a Cargo X desenvolveu um aplicativo que une empresas embarcadoras e fazendas aos motoristas autônomos, com o objetivo de melhorar o escoamento dos produtos até grandes armazéns, portos etc.

Quer saber um pouco mais sobre esse aplicativo e como ele ajuda você no setor do agronegócio? Continue a leitura com a gente!

Quem é a Cargo X?

A Cargo X surgiu em 2016 e uniu a tecnologia com o transporte de agronegócio no Brasil. Com uma rede de caminhoneiros autônomos e produtores capazes, é possível tirar a ociosidade e prejuízos causados por produtos parados ou caminhões rodando vazios. Isso permite que mais de 250 mil motoristas utilizem toda a capacidade do seu veículo.

Com a possibilidade de trabalhar preços mais competitivos e a perspectiva do produtor de otimizar a sua produção, a empresa vem expandindo cada vez mais e se tornando uma das responsáveis pela melhoria na logística do escoamento de grãos no Brasil, sendo considerada uma das 20 maiores empresas que atuam com transporte de carga.

Apesar de não ter uma frota própria, o aplicativo ajuda a reduzir em até 30% os custos de um frete. Já para as empresas, o valor economizado pode chegar a 20%. De forma simples, basta o motorista parar em uma cidade que o sistema sincroniza a demanda com a oferta e a carga já pode ser pega pelo caminhoneiro.

Desde 2017, a companhia tem investido no estado do Mato Grosso, uma das principais referências quando o assunto é agronegócio. Em um ano foi recolhido um volume de quase 62 milhões de toneladas de grãos, liderando o setor. A expectativa para o fechamento de 2019 é um aumento para quase 63,4 milhões. Além disso, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o estado foi o 5º no ranking nacional de exportações em 2018, mesmo a mais de mil quilômetros do mar.

Como ela ajuda no transporte de agronegócio?

Atualmente, o modal rodoviário é o mais utilizado no Brasil. Segundo o levantamento da Fundação Dom Cabral, de 2017, 76% das empresas usam as estradas para fazer os serviços de transporte de cargas. Em comparação com infraestrutura das outras áreas de distribuição, como marítimo, hidroviário e ferroviário e o alto custo dos aéreos, usar a malha rodoviária tem grandes vantagens.

O Brasil tem a quarta maior quilometragem de estradas e rodovias nacionais do mundo, a estimativa é que temos mais de 1 milhão e 700 mil quilômetros, o que torna esse modal a melhor estratégia de logística para as empresas do país. Dessa forma, é fácil chegar em qualquer lugar dentro do território nacional, organizar e enviar cargas mais facilmente com mais flexibilidade na logística.

A Cargo X pode ser uma grande parceira para a sua empresa. Graças ao seu sistema de rastreamento é possível encontrar caminhoneiros vazios e disponíveis para fazer o trajeto, principalmente os motoristas que voltam para casa descarregados e perdem faturamento. Assim, o agricultor consegue eliminar os alimentos que geram prejuízo quando ficam parados nos armazéns .

Dessa forma, a tecnologia ajuda a desenvolver os melhores planos de logística para o seu empreendimento, reduzindo o tempo de entrega, acelerando os processos e ajudando a analisar o tempo até a chegada da mercadoria no destino final, trazendo economia e corte de gastos com logística.

Graças ao sistema interno que é alimentado no aplicativo, a Cargo X oferece ao cliente uma acuracidade e rastreabilidade de onde estão os caminhões carregados com suas devidas cargas e uma área de monitoramento que mostra o motorista em trânsito.

Então, caso aconteça algo e ele saia do radar, os órgãos podem ser acionados de acordo com a necessidade, dando mais tranquilidade ao cliente para saber onde a carga está e a possibilidade de trabalhar melhor o lead time (tempo entre a produção, separação e contratação do transporte).

Segundo um levantamento de 2018 da Confederação Nacional do Transporte e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), 60% de tudo que é produzido e consumido no Brasil é entregue por caminhões, sendo que a estimativa é que 100% da soja, milho, carnes, leite, frutas e verduras são transportados nas rodovias.

Qual a importância da logística para o agronegócio?

Um dos processos de logística mais importantes é o de transporte de carga. Nesta etapa a movimentação de produtos é feita e, por isso, é necessário ter agilidade para executar a obrigação no tempo e custo estabelecido. A eficiência desse processo impactará diretamente toda a cadeia produtiva do agronegócio e envolve vários fluxos que influenciam no processo produtivo e distribuição.

Outro ponto que faz a logística de distribuição essencial é que a maioria dos produtos agropecuários são perecíveis, ou seja, começam a decompor de forma mais rápida e exigem um cuidado maior com a temperatura, umidade e pressão. Isso deixa quase inviável o armazenamento desses alimentos por um longo período.

Por isso, o transporte deve ser feito em embalagens corretas, com cuidado e rapidamente até os locais que darão vazão ou outra finalidade para esse alimento, como um restaurante ou pontos de distribuição, os que reúnem a produção de vários cantos do país — os CEASAs, por exemplo. Sem uma boa logística, esse tipo de demanda não é atendida.

A sazonalidade das produções também deve ser levada em conta quando tratamos de logística. Existem produtos que tem colheita apenas em uma estação do ano e em uma região específica. Por isso, ter esse entendimento e controle reduz o desperdício na alta temporada, mantém a qualidade e aumenta o lucro. No caso do caminhoneiro ou transportadora, evita fazer viagens com a capacidade inferior, o que causa prejuízos.

Sua empresa de logística reconhecida no mercado agro

A Cargo X promove novos negócio e parcerias, principalmente em um mercado tão engessado quanto o de transporte no agronegócio, que durante anos foca apenas em tirar de uma fazenda ou armazém e colocar em um porto ou outro depósito para ser exportado ou consumido internamente.  

Ao usar uma tecnologia que conecta motoristas e embarcadores é possível criar parcerias com empresas de diferentes modais e mostrar uma mentalidade diferente das concorrentes. Quanto mais parceiros existirem transportando e trabalhando na movimentação de mercadorias no agronegócio, melhor. Dessa maneira, é possível até melhorar a produtividade.

O mercado de agronegócio precisa de novas tecnologias, visão de melhoria das demais modais. Com os recursos tecnológicos é possível alcançar patamares maiores, melhorar percentuais de movimentação de carga no país. Principalmente no Brasil, um país que tem no agronegócio sua principal economia.

Gostou e quer saber um pouco mais sobre como a Cargo X pode ajudar você no transporte de agronegócio? Entre em contato conosco e conheça mais sobre essa solução para o modal rodoviário.

Artigos relacionados

Mais
As-consequências-da-crise-para-o-mercado-de-transporte-de-cargas-rodoviário

As consequências da crise para o mercado de transporte de cargas rodoviário

* Por Federico Vega Os altos custos do transporte e a falta de acesso ao capital são responsáveis pela perda […]

Categoria: Artigos
Mais
Sua-empresa-possui-pilares-destaque-os

Sua empresa possui pilares: destaque-os

Você sonha, trabalha e se desenvolve para ver sua empresa em destaque, acima dos demais, passos à frente da concorrência […]

Categoria: Artigos
Mais

Transformação digital na logística: um panorama completo sobre o assunto

A logística é uma área importante e cheia de desafios para uma empresa. Constituir uma cadeia de valor integrada se tornou […]

Categoria: Artigos
Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também

Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também