Gestão

Aprenda como medir indicadores de desempenho em logística

Acompanhar as atividades do negócio é essencial para saber se os resultados estão sendo atingidos. Esse monitoramento é feito por meio de métricas. Em geral, os indicadores de desempenho em logística são apurados por sensores, softwares, etiquetas inteligentes e códigos de barras.

Cada um desses dispositivos fornece estatísticas e dados em tempo real. Isso é essencial na logística, já que mercadorias que não são lançadas de forma adequada podem ficar de fora. Com as métricas adequadas, por outro lado, é possível saber onde estão os produtos sempre que necessário — o que melhora o desempenho.

Para que isso seja possível, entram em cena os indicadores de desempenho em logística. Com eles, é possível medir o nível de sucesso do empreendimento. Isso,  porque eles são uma seleção dos índices mais importantes e relevantes do negócio.

Os indicadores de desempenho do segmento estão diretamente ligados aos processos (internos e externos) realizados pelo departamento. Isso significa que podem envolver muitos fatores. Quer saber mais sobre eles? Acompanhe o texto a seguir!

Os resultados do negócio

Quando um cliente compra um produto, ele quer recebê-lo rapidamente e em perfeito estado. Se algo sai errado, a reputação da empresa sofre. Para ter um melhor controle desse processo, é importante definir metas e acompanhá-las adequadamente.

A partir disso, pode-se determinar a eficiência alcançada pela operação, monitorar os resultados obtidos e compará-los com números anteriores para avaliar se os produtos são entregues corretamente, se os prazos são cumpridos e se há avarias nas mercadorias. Esse cuidado é essencial para fidelizar os clientes.

Em outras palavras, os indicadores de desempenho em logística permitem que a equipe responsável pelos processos se concentre nos dados que realmente importam. Assim, a partir deles, os profissionais podem identificar oportunidades de melhoria e atuar para implementá-las.

A aplicação dos indicadores de desempenho em logística

De forma genérica, a aplicação dos indicadores de desempenho em logística pode ser feita em quatro etapas. Veja, a seguir, o que cada uma delas abrange.

O que medir?

O primeiro passo consiste em saber quais são os indicadores de desempenho mais importantes para o negócio. É muito importante ter os dados adequados, pois são eles que ajudam a demonstrar a eficiência da operação.

Como coletar os dados?

Uma vez escolhidos os indicadores, é preciso reunir os dados referentes a eles. Muitos softwares e dispositivos fazem isso de forma automática, mas é preciso garantir que nada fique de fora para que o resultado não seja comprometido.

Além disso, é preciso que todos se empenhem para alcançar o máximo de precisão possível.

De que forma acompanhar?

Os dados medidos precisam ser monitorados para que seja possível verificar se o processo está sendo feito de maneira correta e exata. As falhas podem, então, ser corrigidas assim que forem identificadas.

Como analisar?

Com os dados em mãos, é possível compará-los com informações anteriores, com as metas definidas pela empresa ou com os números dos concorrentes. Dessa forma, é possível saber se os resultados estão dentro do esperado, se superaram as expectativas ou se é preciso agir para corrigir algo.

Os principais indicadores

Escolher os indicadores de desempenho em logística mais adequados para o empreendimento requer conhecimento do mercado, do público-alvo e dos concorrentes. Por isso, cada empresa pode usar variáveis diferentes, desde que elas façam sentido para o negócio. Confira algumas possibilidades a seguir!

Inventário preciso

Quando o cliente compra um produto, começa a expectativa de recebê-lo. E se, nesse meio tempo, a empresa descobrir que não tem mais aquele item em estoque? A frustração é grande. Esse indicador ajuda a manter a precisão e confiabilidade das informações de estoque, evitando que isso aconteça.

Tempo de processamento interno

Esse dado ajuda a medir o tempo que a empresa leva para registrar e encaminhar seus pedidos. Com ele, é possível avaliar a eficiência do processo e descobrir se há gargalos a serem resolvidos — a ideia é sempre caminhar em busca da eficiência.

Tempo entre o pedido e a entrega

O ciclo que se inicia quando o cliente faz a compra só termina quando o produto é entregue. Quanto menor ele for, mais satisfeito fica o consumidor. Por isso, é essencial acompanhar esse índice para saber se o tempo está adequado às expectativas do cliente.

Pedidos perfeitos

Os pedidos em que tudo dá certo são considerados como perfeitos, pois atendem a todos os requisitos preestabelecidos. É importante que a companhia tenha como meta um determinado percentual de pedidos perfeitos em relação ao total e que aja sempre que esse resultado não estiver satisfatório.

Entrega no prazo

Entregar no prazo é um dos objetivos finais do negócio. Esse índice permite avaliar a capacidade da companhia de cumprir os prazos predefinidos: afinal, quanto mais pontual, melhor. Se estiver havendo divergências substanciais entre o prazo estabelecido e o efetivo, é preciso agir.

Produtos com avarias

Quando o produto ou a embalagem chega com algum problema (riscado, amassado, quebrado, rasgado ou molhado) causado pelo transporte, há grandes chances de que o cliente fique insatisfeito. É essencial acompanhar esse dado de perto para saber onde podem estar ocorrendo falhas.

Não conformidade

Comprar um produto e receber outro é insatisfação na certa. Essa é uma situação típica de não conformidade, que deve ser acompanhada com atenção, porque tem custos altos, tanto financeiros quanto de confiabilidade da marca.

Custos operacionais

Esse indicador ajuda a saber como estão os custos da operação do departamento de logística. O acompanhamento desse dado é importante para que seja possível tomar decisões mais precisas, que permitam reduzir esses valores ou otimizar os gastos.

Satisfação dos clientes

A satisfação dos clientes é uma das melhores formas de analisar o trabalho da equipe de forma geral. Os resultados desse indicador são consequência direta da forma como o processo de logística como um todo é conduzido.

A definição de indicadores de desempenho em logística que permitam acompanhar o andamento do processo na empresa é uma etapa fundamental para garantir sua otimização. Afinal, quanto mais adequado ele estiver, maiores as chances de sucesso.

Gostou do nosso artigo? Então, conheça os 8 erros de logística que você deve evitar e qualifique, ainda mais, os seus processos!

FAÇA UMA COTAÇÃO COM A CARGOX

Artigos relacionados

Mais
governança criativa

Governança criativa e transporte: entenda essa ligação

A sociedade moderna conta não apenas com tecnologia avançada, mas também com novas estratégias, resultantes das recentes pesquisas e estudos nas […]

Categoria: Gestão
Mais
sistema logístico

Como lidar com o fator humano em um sistema logístico?

Automação de tarefas, sistemas de gestão, máquinas mais inteligentes e tecnologia de ponta. Esses são apenas alguns exemplos dos incríveis […]

Categoria: Gestão
Mais
relacionamento com clientes

Entenda a importância do relacionamento com clientes para a sua empresa

Relacionar-se bem com o cliente é fundamental para qualquer empresa. Sem o público, afinal, não há negócio. É o bom […]

Categoria: Gestão
Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também

Estamos ajudando milhares de profissionais de transporte com nossos conteúdos. Inscreva-se também