10 dicas para aumentar a qualidade da sua equipe de logística

Artigos

qualidade da equipe logística

Escrito por Ana Beatriz

Data: 08/11/2017

Os resultados da sua empresa podem ser aprimorados dependendo do trabalho executado pela equipe de logística. A ideia é conquistar ganhos de qualidade operacional, de conhecimento e performance no setor e no mercado.

A questão é: como fazer isso? Neste post, vamos trazer 10 dicas para elevar a qualidade do trabalho da equipe. Para isso, abordaremos questões relacionadas a gestão de pessoas e de processos, capacitação e atualização profissional, entre outros fatores relevantes.

Então, que tal saber mais? Confira as recomendações a partir de agora.

1. Acompanhe os processos da equipe de logística

O gestor precisa analisar os processos realizados para detectar fontes de improdutividade. O ideal é deixar uma semana exclusivamente para esse monitoramento, que deve abranger aspectos do trabalho executado e do fluxo de documentos.

Atuando de maneira próxima é possível identificar problemas vivenciados no dia a dia, como situações de desorganização, que levam a um tempo elevado para a busca de algum item. Desse modo, o gestor consegue implementar sugestões, conversar com os colaboradores e achar uma solução em conjunto.

2. Capacite e forneça treinamento para o desenvolvimento de competências

O investimento nesses dois aspectos ajuda a melhorar as habilidades dos colaboradores e também demonstra que a empresa os valoriza. Como resultado, é possível obter mais eficiência e há o incentivo ao trabalho em equipe.

A ideia é direcionar o treinamento e a capacitação conforme o plano de carreira e metas estipulados. Perceba que a reciclagem é essencial para a produtividade e, principalmente, a qualidade do serviço executado.

É assim que os profissionais saberão tomar decisões e agir proativamente. Também entenderão o que deve ser feito e como cada equipamento precisa ser operado para alcançar o potencial máximo.

3. Incentive a comunicação

A conversa entre os colaboradores e deles com o gestor é uma atitude essencial para assimilar os valores e princípios organizacionais. A partir disso é possível alinhar as expectativas pessoais às da empresa e estabelecer uma relação de confiança.

Para isso, vale a pena implantar canais de comunicação variados. Além de eles serem importantes para o colaborador fazer suas reivindicações, também é relevante para que a empresa comunique estratégias, indicadores, metas e planos de ação. Esses aspectos aumentarão o engajamento e farão com que todos trabalhem para um objetivo comum.

4. Forneça as ferramentas e a infraestrutura necessárias

A qualidade do trabalho da sua equipe logística depende diretamente das ferramentas e infraestrutura oferecidas. Com elas é possível obter o máximo potencial, eficiência e produtividade.

Observe que a falta de infraestrutura e ferramentas também desmotiva os colaboradores, já que, dessa forma, eles sabem que poderiam fazer mais, mas estão voltados para ações operacionais, em vez das estratégicas.

Por exemplo: um problema da sua empresa é achar motoristas autônomos, o que faz com que muitas mercadorias fiquem paradas. Essa situação gera custos e atrasos. Como resolvê-la? Com uma empresa que faça a conexão entre o seu negócio e os caminhoneiros e ainda possibilite prever rotas ociosas e variações de oferta na frota.

5. Evite a sobrecarga dos colaboradores

O trabalho excessivo dos colaboradores tende a aumentar a quantidade de coisas para fazer, porque a produtividade reduz com o passar do tempo. Perceba que há picos, mas, em seguida, há um grande cansaço mental, que leva à desmotivação.

É nesse momento que a produtividade cai significativamente. Por isso, é importante que os gestores evitem a sobrecarga dos colaboradores, mesmo que haja uma lista de atividades pendentes. O recomendado é ter apenas entre 3 e 5 tarefas inacabadas para que haja um foco maior.

Além disso, é importante definir as demandas prioritárias, pois isso ajuda a delimitar quem será responsável por realizá-las e deixar essa pessoa focada em sua função.

6. Defina metas factíveis

Um ponto de desmotivação é a determinação de metas impossíveis de serem alcançadas ou de prazos ilógicos. Essa situação impacta a produtividade, que pode acontecer por:

  • redução da moral dos colaboradores pela falta de alcance dos objetivos;
  • sobrecarga de trabalho para a equipe;
  • desmotivação antecipada, pois os indivíduos duvidam que conseguirão atingir a meta antes mesmo de começar o trabalho.

A sugestão é trabalhar com metas desafiadoras, ou seja, complexas, mas que podem ser atingidas. Essa é uma boa maneira de separar quem é bom daqueles que são os melhores.

7. Evite a burocracia excessiva e aposte na inovação

Os processos altamente burocráticos podem fazer o indivíduo entrar em um ritmo negativo, voltado para a falta de criatividade e constante repetitividade. Essa situação também faz com que o colaborador resista às mudanças e tenha dificuldade com a implantação de qualquer melhoria.

Quebrar esse paradigma é fundamental para a qualidade do trabalho e aumento da produtividade. É importante que a equipe questione por que as atividades estão sendo executadas, quais terão continuidade e aquelas que precisam ser aprimoradas para obter resultados mais positivos.

Essa postura facilita a inovação, já que todos se sentem integrantes da empresa e desejam colaborar com ela. Assim, as formas diferenciadas de executar os mesmos processos surgem rapidamente.

8. Motive a equipe sempre

A motivação é necessária para o bem-estar no trabalho, aumento da produtividade e — é claro — qualidade nas atividades executadas. Esse aspecto pode ser trabalhado de diferentes maneiras, por exemplo, por meio de critérios financeiros, aprimoramento, benefícios, entre outros.

Uma forma recomendada de trabalhar a motivação é identificar o que incentiva cada indivíduo. Você perceberá que uns preferem folgas, alguns, recompensas financeiras e outros ainda optam pelo reconhecimento e valorização. Adote essas estratégias e veja que o clima organizacional se tornará muito melhor.

9. Recompense os colaboradores

O gestor é importante, mas é a equipe que coloca a “mão na massa” e sabe exatamente como cada atividade funciona e de que forma pode ser melhorada. Por isso, recompense os colaboradores e mostre que está preocupado com a qualidade de vida deles.

Essa é a melhor maneira de alcançar ganhos de performance e conhecimento. Também é assim que os indivíduos empregarão mais esforços e terão resultados muito mais relevantes.

10. Supere os desafios

Os obstáculos são inerentes ao dia a dia da logística, mas eles devem ser ultrapassados. Planeje as atividades e monitore para ver o que pode ser melhorado e quais riscos devem ser combatidos.

Conte com a ajuda dos colaboradores e deixe claro que tem um canal de comunicação aberto, que valoriza as opiniões de cada um deles. É somente por meio do trabalho conjunto que a sua empresa terá sucesso nas operações logísticas.

E aí, gostou de ver essas 10 dicas para aumentar a qualidade da sua equipe de logística? Aproveite e compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais para levar essas ideias para outras pessoas!

FAÇA UMA COTAÇÃO COM A CARGOX

Compartilhe: